Por Que O Canto Congregacional Importa Hoje Mais Do Que Nunca

Keith Getty | April 5, 2017


14 de janeiro de 2017.

Eu amo Yo-Yo Ma.

As magistrais, quase irretocáveis batidas de seu arco, dançando sobre as cordas retesadas, ressuscitam melodias meticulosamente trabalhadas, evocadas há séculos entre os mestres da Música.

Séculos se passaram desde então. Ainda assim, deito-me na cama à noite, ouvindo estes clássicos revividos pelas mãos de um prodígio moderno — cada nota chegando a mim pelos minúsculos e brancos fones de ouvido, como se atravessassem o tempo e o espaço.

Ah, como as coisas mudaram desde a época em que meus pais nos levava, nas noites de domingos, à casa de amigos missionários ou pastores. Aquelas noites, muitas vezes, terminavam com todos cantando juntos, mesmo que alguns de nós, com duvidoso dom musical, pudessem tornar aquele momento excruciante.

Muito diferente do Yo-Yo Ma.

Mas era algo, e algo especial. Talvez as mudanças nada sutis entre aqueles dias e hoje testemunhem sobre como digerimos música de forma diferente, uma mudança que se infiltrou em nossas igrejas.

Bem Vivo 

Assim como o entretenimento doméstico passou de cantorias entre parentes ou vizinhos para a capacidade de consumir qualquer música que os profissionais globais ofereçam, a igreja se afastou da ênfase no canto coletivo. Na melhor das…


To read the rest of this article, visit http://www.thegospelcoalition.org/pt/article/por-que-o-canto-congregacional-importa-hoje-mais-do-que-nunca.