Será Que Isto É Certo? O Uso de Profecias do Antigo Testamento no Novo Testamento

Kevin DeYoung | April 24, 2016


É época de Natal e isto significa uma atenção renovada nas profecias messiânicas. Ah, os sons familiares de “uma virgem dará à luz um filho”, “o governo estará sobre os seus ombros”, e até a familiar “Belém Efrata”. Isso faz com que um fiel se sinta consolado e encorajado.

E, francamente, um pouco confuso também.

Se formos honestos, a forma como o Novo Testamento usa o Antigo Testamento nos parece um tanto excessiva. Quer dizer, podemos ver, assim como os escribas viram, que Miquéias 5:2 é uma previsão do nascimento do Messias em Belém (Mateus 2:1-6.). Mas, Oséias estava mesmo azendo uma previsão sobre Cristo só porque ele mencionou “Egito” (Os. 11:1) e a família de Jesus fugiu para o Egito (Mt. 2:15)? Se interpretássemos a Escritura como Mateus, seríamos expulsos de nossos púlpitos e pequenos grupos, certo?

O uso do Antigo Testamento no Novo Testamento é um assunto complicado. Mesmo estudiosos evangélicos não concordam com todos os elementos da melhor abordagem (ver, por exemplo, este livro e o estudo de D.A. Carson). Ainda assim, existem vários princípios, esclarecimentos e lembretes que podem nos ajudar a entender o uso aparentemente a esmo do Antigo Testamento pelos Apóstolos.

(Na maior parte…


To read the rest of this article, visit http://www.thegospelcoalition.org/pt/article/sera-que-isto-e-certo-o-uso-de-profecias-do-antigo-testamento-no-novo-testamento.