Quando Jesus Se Despediu

Collin Hansen | April 2, 2015


Nós, cristãos, por vezes, acreditamos em uma mentira. Supomos que, se não somos como essas pessoas que julgam e odeiam e que se dizem cristãos, então o mundo verá que somos realmente pessoas muito razoáveis ​​e vão querer seguir Jesus. Acreditamos que se os cristãos apenas se comportarem de uma maneira correta, então Jesus poderia, finalmente, cativar os corações e mentes de nossos próximos.

O único problema com essa visão é que ela não tem base no exemplo ou ensinamento de Jesus. Cristãos legais nem sempre terminam primeiro. Mesmo Jesus amando-os perfeitamente até o fim, seus amigos e discípulos mais íntimos o abandonaram quando as autoridades políticas e religiosas prenderam-no na cruz. Pedro se recuperou de sua negação vergonhosa de Jesus e prometeu a amar Jesus por amar o seu povo. Sua recompensa? Jesus disse-lhe para esperar que ele, também, estenderia suas mãos em uma morte indesejada que, no entanto, glorificaria a Deus (João 21:15-19).


O apóstolo João não teve que passar por uma morte tão difícil assim. Mas ele ouviu e registrou o discurso de despedida de Jesus, em que o Filho de Deus disse aos discípulos que o mundo iria odiá-los da mesma forma que odiava Jesus e…


To read the rest of this article, visit http://www.thegospelcoalition.org/coalicion/article/quando-jesus-se-despediu.