A Graça da Fé

RC Sproul | March 24, 2016


Uma vez tive uma conversa com uma garçonete sobre como é maravilhoso viver na Flórida, especialmente durante os meses frios do ano. Esta jovem senhora falou que era do norte, mas, ela disse: “Eu não voltaria para o norte nem para salvar a minha alma.” Eu disse: “Bem, nós discordamos neste ponto”. Eu também não tenho nenhum desejo de voltar ao norte, mas se isso significasse a salvação da minha alma, eu não hesitaria em ir.

Quando dizemos: “Eu não faria isso ou aquilo nem para salvar minha alma”, estamos falando de uma maneira jocosa. Ouso dizer que aqueles que usam essa frase não refletiram sobre o significado literal de suas palavras. Não estão fazendo qualquer tipo de declaração sobre suas almas. Estão simplesmente usando uma expressão popular.

Mas, no século XVII, a igreja e as pessoas na cultura mais ampla se preocupavam muito com a salvação da alma humana. A Confissão de Fé de Westminster manifesta esta preocupação, estabelecendo detalhadamente os requisitos bíblicos para a salvação. No capítulo 14, a confissão estabelece o pré-requisito fundamental para a salvação. O título do capítulo é “Da Fé Salvadora”, e começa com estas palavras: “A graça da fé, pela qual os eleitos…


To read the rest of this article, visit http://www.thegospelcoalition.org/pt/article/a-graca-da-fe.