Aborto Espontâneo, Luto e Lágrimas de Alegria na Loja

Courtney Reissig | September 14, 2017


23 de dezembro de 2016

Nunca se sabe quem poderemos encontrar numa loja.

Visto que saio frequentemente com meus filhos extrovertidos, fazemos muitos amigos ao durante o dia-a-dia. Um dia, eu estava na seção de ítens em promoçāo, com meus três filhoss, e conheci uma mulher que estava aguardando ansiosamente, por notícias de sua filha, que estava numa sala de ultra-som, prestes a ouvir os batimentos cardíacos de seu bebê pela primeira vez. Não se tratava de um exame corriqueiro, uma vez que este não era o primeiro ultra-som de sua filha. Era o terceiro, e ela torcia somente por um batimento cardíaco bom e constante.

Quando a mulher se afastou, meus olhos se encheram de lágrimas. Olhei para o meu carrinho cheio de meninos e me lembrei dos meus próprios momentos de agonia na cadeira de ultra-som, orando, esperando e implorando a Deus por um batimento cardíaco. Por duas vezes ouvi um. Por duas vezes não. Embora eu não conhecesse a mulher ou sua filha, senti afinidade por elas. Tivemos comunhão porque compartilhamos uma experiência de perda e luto.

O sofrimento faz isso conosco. Deixa-nos prostrados em desespero, mas também nos leva à comunhão com outros que sofrem. Após…


To read the rest of this article, visit http://www.thegospelcoalition.org/pt/article/aborto-espontaneo-luto-e-lagrimas-de-alegria-na-loja.