Dez Razões Pelas Quais É Errado Tirar a Vida dos Nascituros

John Piper | April 12, 2017


Esta não é uma defesa da humanidade dos nascituros. É um argumento que, se os fetos são seres humanos, eles não devem ser abortados. Há alguns médicos que fazem abortos que crêem que os nascituros são seres humanos. Mas mesmo assim, estes médicos fazem abortos regularmente porque crêem que tirar uma vida humana inocente, embora trágico, é justificável, tendo em conta as circunstâncias difíceis enfrentadas por mãe e filho. Alguns destes médicos querem ser cristãos e bíblicos, e não vêem sua prática como errada. Escrevi este pequeno texto para encorajá-los a reverem sua posição.

1. Deus ordenou: “Não matarás” (Êxodo 20.13).

Estou ciente de que algumas mortes são sancionadas na Bíblia. A palavra para “matar” em Êxodo 20.13 é do hebraico rahaz. Ela é usada 43 vezes no Antigo Testamento hebraico. Ela sempre significa matar pessoal e violentamente, aquilo que realmente é um assassinato ou quando há acusaçāo de assassinato. Ela nunca é usada para descrever uma morte em guerra ou (com uma possível exceção, Números 35.27) para morte por execução judicial. Ao contrário, uma clara diferença é preservada entre “o ato de levar à morte” legal e o “assassinato” ilegal. Por exemplo, Números 35.19 diz: “O homicida será morto.”…


To read the rest of this article, visit http://www.thegospelcoalition.org/pt/article/dez-razoes-pelas-quais-e-errado-tirar-a-vida-dos-nascituros.