João 3:16 e A Capacidade do Homem para Escolher a Deus

RC Sproul | July 7, 2016


É irônico que no mesmo capítulo, no mesmo contexto até, em que o nosso Senhor ensina a necessidade absoluta de nascer de novo para sequer ver o reino, que dirá escolhê-lo, pontos de vista não-reformados encontram um de seus principais textos de prova para argumentar que o homem caído mantém uma pequena ilha de capacidade de escolher Cristo. Se trata de João 3:16: “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”

O que este verso ensina sobre a capacidade do homem caído de escolher Cristo? A resposta, simplesmente, é nada. O argumento usado por pessoas não-reformadas é de que o texto ensina que todos no mundo tem em seu poder a capacidade para aceitar ou rejeitar Cristo. Um olhar cuidadoso sobre o texto revela, no entanto, que ele não ensina nada do tipo. O que o texto ensina é que todo aquele que crê em Cristo será salvo. Quem faz A (acreditar) receberá B (vida eterna). O texto não diz nada, absolutamente nada, sobre quem nunca vai acreditar. Não diz nada sobre a capacidade moral natural do homem caído. Reformados…


To read the rest of this article, visit http://www.thegospelcoalition.org/pt/article/joaeo-316-e-a-capacidade-do-homem-para-escolher-a-deus.