Por que ‘Pastor-Acadêmico’ é Uma Falsa Dicotomia

Peter Beck | January 26, 2017


Nota do Editor: Este é o terceiro artigo de uma nova série sobre o pastor-acadêmico. Os artigos serão publicados toda terça-feira durante a abertura do encontro anual da Sociedade Teológica Evangélica (ETS), que acontece de 17 a 19 de novembro de 2015, em Atlanta.

Anteriormente:

“Sou Pastor ou Acadêmico?” (Jeff Robinson)
“Pastor ou Acadêmico? Busque Sua Aspiração Mais Forte” (Entrevista com Tom Schreiner) 

Devo confessar: Estou dividido entre dois amores. Tenho uma vida dupla. Sou um pastor com duas vocações.

É certo que não sou um pastor com duas vocações tradicional. Não trabalho na fábrica local para sustentar meu ministério. Também não sou vendedor para que possa divulgar o evangelho. Sou professor universitário que ensina teologia histórica e sistemática.

Sou um teólogo que acaba sendo também pastor, e um pastor que também apascenta mentes. Seguindo a classificação de Michael Kruger, sou um “acadêmico-pastor”, alguém que trabalha em tempo integral em uma instituição acadêmica e em tempo parcial no pastorado. Meus dias são passados ​​atrás de uma bancada; meus fins de semana, atrás de um púlpito.

Vida Dupla 

Tenho vivido essa vida dupla por 16 anos. Quando era aluno na faculdade e no seminário, servia em duas congregações locais que não…


To read the rest of this article, visit http://www.thegospelcoalition.org/pt/article/por-que-pastor-academico-e-uma-falsa-dicotomia.